Dominica V Post Epiphaniam III. Novembris ~ II. classis

Divinum Officium Ordo Praedicatorum - 1962

Please note that the database for this version (Ordo Praedicatorum - 1962) is still incomplete and under construction.

11-11-2018

Ad Sextam

Incipit
℣. Deus in adiutórium meum inténde.
℟. Dómine, ad adiuvándum me festína.
Glória Patri, et Fílio, * et Spirítui Sancto.
Sicut erat in princípio, et nunc, et semper, * et in sǽcula sæculórum. Amen.
Allelúia.
Início
℣. Deus, vinde em meu auxílio.
℟. Senhor, apressai-Vos em socorrer-me.
℣. Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo.
℟. Assim como era no princípio, agora e sempre, e por todos os séculos dos séculos. Amém.
Aleluia.
Hymnus
Rector potens, verax Deus,
Qui témperas rerum vices,
Splendóre mane ínstruis,
Et ígnibus merídiem:

Exstíngue flammas lítium,
Aufer calórem nóxium,
Confer salútem córporum,
Verámque pacem córdium.

Præsta, Pater piíssime,
Patríque compar Únice,
Cum Spíritu Paráclito
Regnans per omne sǽculum.
Amen.
Hino
Ó Deus, verdade e força
que o mundo governais,
da aurora ao meio-dia,
a terra iluminais.

De nós se afaste a ira,
discórdia e divisão.
Ao corpo dai saúde,
e paz ao coração

Escuta-nos, ó Pai,
E tu, Filho, também;
No Espírito reinai,
pelos séculos dos séculos.
Amém.
Psalmi {ex Psalterio secundum diem}
Ant. Allelúia, * tuus sum ego, salvum me fac, Dómine, allelúia, allelúia.
Psalmus 118(81-96) [1]
118:81 (Caph) Defécit in salutáre tuum ánima mea: * et in verbum tuum supersperávi.
118:82 Defecérunt óculi mei in elóquium tuum, * dicéntes: Quando consoláberis me?
118:83 Quia factus sum sicut uter in pruína: * iustificatiónes tuas non sum oblítus.
118:84 Quot sunt dies servi tui? * quando fácies de persequéntibus me iudícium?
118:85 Narravérunt mihi iníqui fabulatiónes: * sed non ut lex tua.
118:86 Ómnia mandáta tua véritas: * iníque persecúti sunt me, ádiuva me.
118:87 Paulo minus consummavérunt me in terra: * ego autem non derelíqui mandáta tua.
118:88 Secúndum misericórdiam tuam vivífica me: * et custódiam testimónia oris tui.
118:89 (Laméd) In ætérnum, Dómine, * verbum tuum pérmanet in cælo.
118:90 In generatiónem et generatiónem véritas tua: * fundásti terram, et pérmanet.
118:91 Ordinatióne tua persevérat dies: * quóniam ómnia sérviunt tibi.
118:92 Nisi quod lex tua meditátio mea est: * tunc forte periíssem in humilitáte mea.
118:93 In ætérnum non oblivíscar iustificatiónes tuas: * quia in ipsis vivificásti me.
118:94 Tuus sum ego, salvum me fac: * quóniam iustificatiónes tuas exquisívi.
118:95 Me exspectavérunt peccatóres ut pérderent me: * testimónia tua intelléxi.
118:96 Omnis consummatiónis vidi finem: * latum mandátum tuum nimis.
℣. Glória Patri, et Fílio, * et Spirítui Sancto.
℟. Sicut erat in princípio, et nunc, et semper, * et in sǽcula sæculórum. Amen.
Salmos {do Saltéio do dia correspondente}
Ant. Alleluia, * I am thine, save thou me, O Lord, alleluia, alleluia.
Salmo 118(81-96) [1]
118:81 (CAPH) Minha alma desfaleceu à espera da vossa salvação: * e na vossa palavra tenho confiado.
118:82 Meus olhos cansaram-se de esperar a vossa palavra, * dizendo:quando me consolareis?
118:83 Pois tornei-me como um odre exposto à geada: * mas me não esqueci das vossas justificações.
118:84 Quantos são os dias do vosso servo? * Quando fareis justiça aos que me perseguem?
118:85 Narraram-me ímpias fábulas: * mas não são como a vossa lei.
118:86 Todos vossos mandamentos são verdade: * injustamente me têm perseguido, socorrei-me.
118:87 Por pouco não deram cabo de mim na terra: * eu, porém, não abandonei os vossos mandamentos.
118:88 Vivificai-me segundo a vossa misericórdia: * e guardarei os testemunhos saídos da vossa boca.
118:89 (LAMED) Para sempre, ó Senhor, * permanece no céu a vossa palavra.
118:90 Vossa verdade de geração em geração: * fundastes a terra e ela permanece.
118:91 Por vossa ordem perseveram os dias: * pois tudo Vos serve.
118:92 Se a vossa lei não tivesse sido a minha meditação: * por certo teria perecido na minha humilhação.
118:93 Jamais me esquecerei das vossas justificações: * pois nelas me destes a vida.
118:94 Eu sou vosso, salvai-me: * porque procurei as vossas justificações.
118:95 Os pecadores esperaram-me para me perder: * porém, estive atento aos vossos testemunhos.
118:96 Vi o fim de tudo o que é perfeito: * somente a vossa lei não tem limites.
℣. Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo.
℟. Assim como era no princípio, agora e sempre, e por todos os séculos dos séculos. Amém.
Psalmus 118(97-112) [2]
118:97 (Mem) Quómodo diléxi legem tuam, Dómine? * tota die meditátio mea est.
118:98 Super inimícos meos prudéntem me fecísti mandáto tuo: * quia in ætérnum mihi est.
118:99 Super omnes docéntes me intelléxi: * quia testimónia tua meditátio mea est.
118:100 Super senes intelléxi: * quia mandáta tua quæsívi.
118:101 Ab omni via mala prohíbui pedes meos: * ut custódiam verba tua.
118:102 A iudíciis tuis non declinávi: * quia tu legem posuísti mihi.
118:103 Quam dúlcia fáucibus meis elóquia tua, * super mel ori meo!
118:104 A mandátis tuis intelléxi: * proptérea odívi omnem viam iniquitátis.
118:105 (Nun) Lucérna pédibus meis verbum tuum, * et lumen sémitis meis.
118:106 Iurávi, et státui * custodíre iudícia iustítiæ tuæ.
118:107 Humiliátus sum usquequáque, Dómine: * vivífica me secúndum verbum tuum.
118:108 Voluntária oris mei beneplácita fac, Dómine: * et iudícia tua doce me.
118:109 Ánima mea in mánibus meis semper: * et legem tuam non sum oblítus.
118:110 Posuérunt peccatóres láqueum mihi: * et de mandátis tuis non errávi.
118:111 Hereditáte acquisívi testimónia tua in ætérnum: * quia exsultátio cordis mei sunt.
118:112 Inclinávi cor meum ad faciéndas iustificatiónes tuas in ætérnum, * propter retributiónem.
℣. Glória Patri, et Fílio, * et Spirítui Sancto.
℟. Sicut erat in princípio, et nunc, et semper, * et in sǽcula sæculórum. Amen.
Salmo 118(97-112) [2]
118:97 (MEM) O quanto amo a vossa lei, ó Senhor! * É a minha meditação todo o dia.
118:98 Com vossos mandamentos me tornastes mais prudente que meus inimigos: * pois os tenho sempre comigo.
118:99 Compreendi mais que todos meus mestres: * pois os vossos testemunhos são a minha meditação.
118:100 Entendi mais que os anciãos: * pois procurei os vossos mandamentos.
118:101 De todo o mau caminho retirei os meus pés: * para guardar as vossas palavras.
118:102 Não me desviei dos vossos juízos: * pois Vós me prescrevestes uma lei.
118:103 Quão doces são as vossas palavras ao meu paladar, * à minha boca são-no mais que o mel.
118:104 Com vossos mandamentos aprendi: * por isso odeio todo o caminho da iniquidade.
118:105 (NUN) Lanterna para os meus passos é a vossa palavra * e luz para os meus caminhos.
118:106 Jurei e determinei * guardar os juízos da vossa justiça.
118:107 Tenho sido imensamente humilhado, ó Senhor: * vivificai-me segundo a vossa palavra.
118:108 Fazei, ó Senhor, que Vos seja agradável as ofertas da minha boca: * e ensinai-me os vossos juízos.
118:109 Minha alma está sempre nas minhas mãos: * e me não esqueci da vossa lei.
118:110 Os pecadores armaram-me laços: * e me não apartei dos vossos mandamentos.
118:111 Adquiri os vossos testemunhos para que sejam eternamente o meu património: * pois são a alegria do meu coração.
118:112 Inclinei o meu coração a praticar sempre as vossas justificações, * pela retribuição.
℣. Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo.
℟. Assim como era no princípio, agora e sempre, e por todos os séculos dos séculos. Amém.
Psalmus 118(113-128) [3]
118:113 (Samech) Iníquos ódio hábui: * et legem tuam diléxi.
118:114 Adiútor et suscéptor meus es tu: * et in verbum tuum supersperávi.
118:115 Declináte a me, malígni: * et scrutábor mandáta Dei mei.
118:116 Súscipe me secúndum elóquium tuum, et vivam: * et non confúndas me ab exspectatióne mea.
118:117 Ádiuva me, et salvus ero: * et meditábor in iustificatiónibus tuis semper.
118:118 Sprevísti omnes discedéntes a iudíciis tuis: * quia iniústa cogitátio eórum.
118:119 Prævaricántes reputávi omnes peccatóres terræ: * ídeo diléxi testimónia tua.
118:120 Confíge timóre tuo carnes meas: * a iudíciis enim tuis tímui.
118:121 (Ain) Feci iudícium et iustítiam: * non tradas me calumniántibus me.
118:122 Súscipe servum tuum in bonum: * non calumniéntur me supérbi.
118:123 Óculi mei defecérunt in salutáre tuum: * et in elóquium iustítiæ tuæ.
118:124 Fac cum servo tuo secúndum misericórdiam tuam: * et iustificatiónes tuas doce me.
118:125 Servus tuus sum ego: * da mihi intelléctum, ut sciam testimónia tua.
118:126 Tempus faciéndi, Dómine: * dissipavérunt legem tuam.
118:127 Ídeo diléxi mandáta tua, * super aurum et topázion.
118:128 Proptérea ad ómnia mandáta tua dirigébar: * omnem viam iníquam ódio hábui.
℣. Glória Patri, et Fílio, * et Spirítui Sancto.
℟. Sicut erat in princípio, et nunc, et semper, * et in sǽcula sæculórum. Amen.
Ant. Allelúia, tuus sum ego, salvum me fac, Dómine, allelúia, allelúia.
Salmo 118(113-128) [3]
118:113 (SAMECH) Odiei os iníquos: * e amei a vossa lei.
118:114 Vós sois o meu defensor e o meu amparo: * e pus toda minha esperança na vossa palavra.
118:115 Retirai-vos de mim, malignos: * e estudarei os mandamentos do meu Deus.
118:116 Amparai-me segundo a vossa promessa e viverei: * e não permitais que seja confundido no que espero.
118:117 Ajudai-me e serei salvo: * e meditarei sempre nas vossas justificações.
118:118 Desprezastes todos os que se desviam dos vossos juízos: * pois é injusto o seu pensamento.
118:119 Avaliei como prevaricadores todos os pecadores da terra: * por isso amei os vossos testemunhos.
118:120 Traspassai as minhas carnes com vosso temor: * de facto, temi os vossos juízos.
118:121 (AIN) Tenho feito juízo e a justiça: * aos que me caluniam me não entregues.
118:122 Amparai o vosso servo para o bem: * me não caluniem os soberbos.
118:123 Meus olhos desfaleceram à espera da vossa salvação: * e das promessas da vossa justiça.
118:124 Tratai o vosso servo segundo a vossa misericórdia: * e ensinai-me as vossas justificações.
118:125 Eu sou vosso servo: * dai-me inteligência, para que conheça os vossos testemunhos.
118:126 É tempo, ó Senhor, de procederdes: * dissiparam a vossa lei.
118:127 Por isso amei os vossos mandamentos, * mais do que o ouro e o topázio.
118:128 Por isso me tenho dirigido a todos vossos mandamentos: * e odiei todo o caminho injusto.
℣. Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo.
℟. Assim como era no princípio, agora e sempre, e por todos os séculos dos séculos. Amém.
Ant. Alleluia, I am thine, save thou me, O Lord, alleluia, alleluia.
Capitulum Responsorium Versus {Per Annum}
Gal 6:2
Alter altérius ónera portáte, et sic adimplébitis legem Christi.
℟. Deo grátias.

℟.br. In ætérnum, Dómine, * Pérmanet verbum tuum.
℟. In ætérnum, Dómine, * Pérmanet verbum tuum.
℣. In sǽculum sǽculi véritas tua.
℟. Pérmanet verbum tuum.
℣. Glória Patri, et Fílio, * et Spirítui Sancto.
℟. In ætérnum, Dómine, * Pérmanet verbum tuum.

℣. Dóminus regit me, et nihil mihi déerit.
℟. In loco páscuæ ibi me collocávit.
Capítulo Responsório Verso {Tempo comum}
Gal 6:2
Bear ye one another's burdens; and so you shall fulfill the law of Christ.
℟. Graças a Deus.

℟.br. For ever, O Lord, * thy word standeth firm in heaven.
℟. For ever, O Lord, * thy word standeth firm in heaven.
℣. Thy truth for ever and ever.
℟. Thy word standeth firm in heaven.
℣. Glory be to the Father, and to the Son, * and to the Holy Ghost.
℟. For ever, O Lord, * thy word standeth firm in heaven.

℣. The Lord ruleth me: and I shall want nothing.
℟. He hath set me in a place of pasture.
Oratio {ex Proprio de Tempore}
℣. Dómine, exáudi oratiónem meam.
℟. Et clamor meus ad te véniat.
Orémus.
Famíliam tuam, quǽsumus, Dómine, contínua pietáte custódi: ut, quæ in sola spe grátiæ cœléstis innítitur, tua semper protectióne muniátur.
Per Dóminum nostrum Iesum Christum, Fílium tuum: qui tecum vivit et regnat in unitáte Spíritus Sancti, Deus, per ómnia sǽcula sæculórum.
℟. Amen.
Oração {do Próprio do tempo}
℣. Senhor, ouvi a minha oração.
℟. E que meu clamor chegue até Vós.
Oremos
O Lord, we beseech thee to keep thy family continually in godliness, that they who do lean only upon the hope of thine heavenly grace, may evermore be defended by thy mighty power.
Por nosso Senhor Jesus, vosso Filho, que convosco vive e reina em unidade do Espírito Santo, Deus, por todos os séculos dos séculos.
℟. Amém.
Conclusio
℣. Dómine, exáudi oratiónem meam.
℟. Et clamor meus ad te véniat.
℣. Benedicámus Dómino.
℟. Deo grátias.
℣. Fidélium ánimæ per misericórdiam Dei requiéscant in pace.
℟. Amen.
Conclusão
℣. Senhor, ouvi a minha oração.
℟. E que meu clamor chegue até Vós.
℣. Bendigamos o Senhor.
℟. Graças a Deus.
℣. E que as almas dos fiéis, pela misericórdia de Deus, descansem em paz.
℟. Amém.

Matutinum    Laudes
Prima    Tertia    Sexta    Nona
Vesperae    Completorium
Omnes    Plures    Appendix

Options    Sancta Missa    Ordo

Versions
Tridentine - 1570
Tridentine - 1888
Tridentine - 1906
Divino Afflatu - 1954
Reduced - 1955
Rubrics 1960 - 1960
Rubrics 1960 - 2020 USA
Monastic - 1617
Monastic - 1930
Monastic - 1963
Ordo Praedicatorum - 1962
Language 2
Latin
Dansk
Deutsch
English
Español
Français
Italiano
Magyar
Polski
Português
Latin-Bea
Polski-Newer
Votives
Hodie
Apostolorum
Evangelistarum
Unius Martyris
Plurimorum Martyrum
Confessoris Pontificis
Doctorum Pontificium
Confessoris non Pontificis
Doctoris non Pontificis
Unam Virginum
Plures Virgines
Non Virginum Martyrum
Non Virginum non Martyrum
Dedicationis Ecclesiae
Officium defunctorum
Beata Maria in Sabbato
Beatae Mariae Virginis
Officium parvum Beatae Mariae Virginis

Versions      Credits      Download      Rubrics      Technical      Help